Desafio 7 dias sem reclamar

Se você nos acompanha no Instagram @momentodecuidar você viu nosso ‘Desafio 7 dias sem reclamar’. E foi assim que caminhamos os últimos dias de 2017 e iniciamos 2018. Pode parecer brincadeira mas foi um desafio gostoso de participar e que trouxe muita reflexão sobre nossos pensamentos e escolhas, além disso gostei muito da interação de vocês no directs.

O ano de 2017 foi um ano de muitas graças mas que só foi sentido com gratidão por causa das dificuldades que passei em 2016. Dizem que aprendemos por amor ou pela dor e acredito que 2016 tenha sido pela dor mesmo. Antes disso, já estava lendo e sintonizando minhas escolhas, aprendendo e refletindo muito também. A crise dos 30 ajudou em todos os sentidos, seja pelas crises e dificuldades, seja pela reflexão e sintonia do que precisava ser mudado.

Quando entramos em 2017 eu entrei decidida que muitas coisas precisavam ser mudadas. Em fevereiro completei 30 anos e com a nova idade veio o desejo de novos planos, buscas e realizações. E assim tudo foi caminhando, e eu sempre atenta ao alinhamento de meus desejos e caminhos que estava traçando. A cada oportunidade eu parava para repensar se realmente queria viver aquilo, se seria bom para mim, se estava de acordo com meus planos futuros. “Chega um momento que algumas coisas não fazem mais sentido”, sempre escutei isso mas não entendia até viver essa fase.

Em 2017 muitas coisas boas aconteceram, outras nem tanto mas tudo contribuiu para que cada vez mais eu buscasse estudar, aprender e observar meus pensamentos e escolhas. Foi numa dessas pesquisas que conheci o Desafio. No início achei bastante desafiador e tentei por vários momentos fazer a prática por pelo menos um dia. Como sou uma pessoa ansiosa acho bastante difícil buscar a paz interior e observar a mim mesmo.

Em setembro durante um incidente numa viagem percebi na prática que tinha aprendido mais do que imaginava e consegui deixar de lado a ansiedade e fazer escolhas de pensamento, colocar situações na balança. E foi muito bom! A viagem foi maravilhosa e voltei acreditando que tudo que já tinha buscado não tinha sido em vão.

Quando dezembro chegou achei que seria um momento certo para tentar o Desafio pois já tinha passado o ano tentando praticar por dias isolados. E assim aconteceu… iniciamos dia 28 de dezembro e seguimos até 2018. Vamos aos meus relatos no Instagram:

1º POST: Quero te propor um desafio! 📌Ficaremos 7 DIAS SEM RECLAMAR! 🤭Difícil? Claro que sim! Acontece que muitas vezes acabamos não percebendo algo que já está enraizado em nós. Virou um hábito e como todo hábito pode trazer características indesejadas para nossas vidas. Quando optamos, mesmo que inconscientemente, ver apenas o lado negativo das coisas esquecemos de enxergar a beleza de tudo que está a nossa volta, dificultamos tudo captando más energias. Portanto te proponho um dia de cada vez! Todos os dias vou contar os desafios que tive no dia anterior e ao final do período vou contar toda minha experiência lá no blog. Vai participar também? Me conta nos comentários! Vamos formar uma corrente do bem e vamos entrar em 2018 com boas energias! 📌Esse é um desafio proposto pelo livro Os segredos da mente milionária de T. Harv Eker “Eu o desafio a não reclamar de nada durante os próximos sete dias. E não apenas em voz alta, na sua cabeça também. Porém você terá que fazer isso nos próximos sete dias inteirinhos. Por quê? Porque durante ps primeiros dias talvez você ainda receba alguma coisa ruim “residual” do passado. Por isso pode demorar um pouco para ela se dissipar.” 💙Vamos tentar? Se você também anima deixe um alô nos comentários.🤗

📌Dia 01 – Desafio 07 dias sem reclamar 🤭Realmente foi bastante desafiador. Incrível como estamos acostumados a reclamar até em pensamento💭Me peguei diversas vezes me corrigindo ao longo do dia! 🤫E vocês? Como se saíram?

📌Dia 2 – Desafio 07 dias sem reclamar 🤫Mais um dia difícil. Quando a gente começa a se acostumar com a ideia acabamos nos incomodando com quem está na reclamação. Alguns desafios durante o dia no trânsito, supermercados lotados, internet que cai e serviços atrasados também incomodam mas seguimos firme mantendo o foco 💪🏼E vocês? Muitos desafios?

📌Dia 03 – Desafio 7 dias sem reclamar 🤭A caminho da virada do ano, como todo ano, é comum relembrarmos de todos os acontecimentos do ano e de vermos colegas relembrando as histórias deles. Não é pq estou nesse desafio mas sempre gostei de listar apenas os acontecimentos positivos e daquilo que foi bom. 🤗O que foi ruim e causou dor já passou e não compensa ser lembrado. E ver colegas que só listam as tragédias da vida realmente me incomoda. Por isso que tenhamos GRATIDÃO quando formos pensar no ano que passou. 🙏🏼Tantas coisas boas aconteceram e eu prefiro acreditar que foi um ano bom! 🙏🏼Acredite também! Pense nisso! Sobre o dia 03 e o desafio, não foi o melhor dos dias. As vezes criamos expectativas que não dependem só de nós para que elas se concretizem. Isso causa tristeza e desconforto e acabamos reclamando da situação. Mas também é um bom aprendizado para seguirmos em frente. Somos fortes e responsáveis o suficiente para realizar nossos sonhos.

📌Dia 04 – Desafio 7 dias sem reclamar 🤭Gratidão 🙏🏼pelo ano que se encerra, pelo ano que chega e pela vida com suas infinitas possibilidades! ✨O desafio passou por um dia mais tranquilo e até a fila do supermercado não se tornou empecilho! ✨Vamos firmes 2018! ✨Feliz Ano Novo 🌹🌷

📌Dia 05 – Desafio 7 dias sem reclamar 🤭 Foi dia de descanso, de pensar nas metas para o próximo ano, agradecer o que alcançamos em 2017 e ja se preparar para a rotina do novo ano!

📌Dia 06 – Desafio 7 dias sem reclamar 🤭O poder de controlar a mente 💭 deve ser praticado todos os dias e não só durante um desafio. Escolher o que ver nas mais variadas situações que um dia nos apresenta é uma habilidade que pode ser desenvolvida. Ao ver uma árvore 🌳 com frutos você pode escolher enxergar a beleza dos frutos que podem alimentar pássaros e também a nós ou pode escolher enxergar a sujeira que os frutos deixam no chão. 🌷Tudo é uma opção de escolha do que queremos crer e enxergar. Vamos refletir sobre isso!

📌Dia 07 – Desafio 7 dias sem reclamar 🤭Foi um desafio bastante interessante e nunca tinha participado de algo parecido. Vou fazer um post no blog contando o que achei e indicando outras leituras complementares. O desafio não ficará por aqui, quero continuar atenta ao poder das minhas escolhas. E vocês? O que acharam? 🌷

Todos esses relatos podem parecer que sou uma pessoa espiritualizada e tranquila mas a verdade é que meu relato só representa um degrau em todo um processo que espero que continue surgindo naturalmente. Sou bastante ansiosa e percebi que o problema não seria resolvido apenas com a ajuda de um psicólogo. Seria necessário buscar leituras, terapias e outras experiências e foi assim que tudo começou. Apenas nos dois últimos anos que tenho buscado praticar mais do que tenho absorvido.

Se você gostou do desafio e também se interessa pela busca de melhor qualidade de vida vou listar abaixo algumas fontes do que tenho consumido.

Pode ser que ao final desse ano eu traga um relato totalmente diferente do caminho que vem sendo traçado até agora mas acredito que é um caminho sem volta. Quando percebemos que estamos conseguindo ter mais consciência de nossas vidas, mudamos nossa forma de pensar, de alimentar, de consumir, de conviver com outras pessoas. E quando percebemos as mudanças que esse processo trouxe é incrível.

Vamos as minhas dicas:

Livros:

  • Os segredos da mente milionária – T. Harv Eker
  • O poder do agora – Eckhart Tolle
  • Não leve a vida tão a sério – Hugh Prather
  • Secret O Segredo – Rhonda Byrne

Filmes:

  • Um sonho possível
  • Comer, Rezar, Amar
  • Intocáveis
  • Up – Altas Aventuras
  • A vida é Bela
  • A procura da felicidade
  • Pequena Miss Sunshine
  • O diabo veste Prada

Sites e Blogs:

  • Osho Brasil (aqui)
  • Sri Prem Baba (aqui)
  • Escolha sua Vida – Paula Abreu (aqui)
  • Conti Outra (aqui)

Canais Youtube:

  • Paula Abreu (aqui)
  • Gisela Vallin (aqui)
  • Monja Coen – Canal MOVA (aqui)
  • Wallace Liimaa (aqui)
  • Rodrigo Vitorino (aqui)
  • Plenessência – Lívia Stábile (aqui)
  • Irineu Gasparetto (aqui)

Aplicativo:

  • 5′ Minutos (para meditação estou experimentando a versão IOS)

Sobre aplicativo, descobri o 5′ Minutos a pouquíssimo tempo e ainda estou me adaptando já que sempre tive muita dificuldade para meditar e exatamente por isso estava procurando ajuda. Tenho poucas indicações de livros porque infelizmente consumi pouquíssimos em 2017, já que minha ansiedade atrapalha bastante minha concentração. Espero melhorar isso em 2018 e consumir mais livros #metas2018 e espero atualizar esse post no início de 2019.

Então é isso… me conte como você faz para relaxar e se desligar um pouco.  E quais suas metas para o ano!

Que seu 2018 seja esplêndido, de muito auto conhecimento, equilíbrio e amor!

 

 

 




Retrospectiva 2016 e Metas para 2017

O ano de 2016 foi mesmo de muitas mudanças principalmente aqui no Momento de Cuidar. Estamos completando 7 anos, dá para acreditar? Pois é, dia 30 de dezembro de 2009 estava escrevendo meu primeiro post e de lá para cá descobri um hobby que ainda sou apaixonada. De fato deixei ele de lado em muitos momentos e sempre retornei prometendo levar mais a sério mas a verdade é que ainda assim, sempre que tenho a oportunidade estou por aqui.

Esse ano, considerando minha vida pessoal, foi bastante intensa e em muitos casos acabei me conectando mais com minha saúde e cuidados pessoais. Sempre fui cuidadosa mas existem fatores que acontecem em nossas vidas que nos fazem pensar melhor sobre a vida que estamos levando e através disso acabamos estabelecendo outras prioridades. Assim foi meu 2016, comecei o ano fazendo exames de rotina, descobri situações desagradáveis que me fizeram passar metade do ano em pequenos tratamentos. Sofri perdas em vários sentidos, busquei me reconectar comigo mesmo durante meses e hoje estou aqui reafirmando planos de realizar pequenos sonhos.

Sei que o ano não foi fácil para muitos de nós, mas é importante tirar uma lição de cada acontecimento. Não basta desejar, é preciso ter disposição para sair do lugar e dar o primeiro passo. É preciso ter amor e compaixão pelo próximo, é preciso buscar conhecimento, é preciso ter empatia, é preciso ter respeito para que 2017 seja mais amigável e talvez mais prospero também em oportunidades.

E se você quiser ver grandes mudanças em sua vida em 2017, comece mudando sua relação com seu corpo e sua alimentação, foi assim que iniciou meu 2016, mesmo que forçada acabei mudando muito minha forma de ver as coisas (em todos os aspectos). É incrível como tantas coisas podem acontecer em um ano.

E é isso, desejo que você seja feliz, pense mais em você, em seu corpo, em sua alimentação, tenha muito amor e respeito a você mesmo e ao próximo. Obrigada por nos acompanhar durante todo esse ano!

Feliz Ano Novo!!!

 

 



A pensar sobre os relacionamentos descartáveis

Hoje mais que um desabafo eu trago uma reflexão que pode servir para todos nós enquanto companheiros, filhos, irmãos ou amigos de alguém. A cada dia nossa sociedade moderna está cada vez mais incorporada nos relacionamentos que se estendem também pela internet. E tudo me intriga muito mas nada se compara ao meu espanto em como as pessoas “criam” mais coragem para dizer tudo pela internet ou através de um celular mas não conseguem se aprofundar em uma conversa pessoalmente. É sério… nada tem me desanimado mais que isso!

Vemos todos os dias em qualquer página uma enxurrada de comentários preconceituosos, sem amor ou compaixão. Ninguém se coloca no lugar do outro? Não existe empatia? Não existe compaixão ou respeito? Infelizmente não são casos isolados e hoje se você responde a pessoa e diz que ela talvez não tenha sido muito agradável você recebe um bloqueio como resposta. Será que estamos sendo adultos o suficiente para fazer o certo ou será que estamos caminhando como crianças de 5 anos? Será que deixar de encarar a verdade e apenas bloquear o outro em uma rede social é uma saída razoável? Cadê o amor ao próximo? Cadê o respeito pelo outro?

É possível construir um relacionamento com bases tão descartáveis? É possível confiar e desenvolver uma amizade com alguém que te bloqueia quando algo não o agrada? É razoável descartar alguém quando um problema surge? Se você fosse um bebê hoje, você acharia razoável sua mãe te abandonar quando sua fralda estivesse suja? Lógico que não, não é mesmo? E mesmo depois de inúmeras fraldas ela te ama ainda hoje, independente de onde ela estiver e você a ama por todo o amor e cuidados que ela estendeu a você durante todos esses anos. Porque não estender todo esse amor e respeito pelas outras pessoas? Porque um amigo deve ser bloqueado quando você não tem tempo suficiente para vê-lo? Porque um relacionamento de anos acaba quando os problemas surgem? Só existia amor enquanto tinha dinheiro e tempo disponível? Porque um irmão bloqueia o outro quando a conversa vai para um rumo não muito agradável?

Eu sinceramente penso em tudo isso e só consigo ficar cada vez mais descrente. Quando vamos nos olhar nos olhos novamente? Quando vamos reconhecer que o outro é ou foi importante em nossas vidas? Quando vamos ter compaixão pelo próximo? E não digo pelo próximo como alguém desconhecido, digo o próximo que está dividindo uma vida conosco, como um familiar, um parente, um amigo (a), um namorado (a) ou um marido (esposa).

Eu não quero acreditar que o futuro da humanidade será assim com relações tão levianas. Eu não quero acreditar que chegamos a esse ponto de total descrença, de desamor e falta de empatia pelo próximo.

Eu não quero acreditar que todos compartilham campanhas de adoção de animais mas que tratam seus próximos como pratos descartáveis. Porque queremos que os animais não sejam mal tratados mas mal tratamos os outros? Eu não entendo… não consigo entender!

Eu não quero acreditar que seja o fim e que nada valeu a pena…

Acho que precisamos pensar sobre tudo isso. E precisamos pensar já! Vamos ter mais amor e menos desprezo e orgulho. Vamos cuidar melhor de nós mesmos e dos que nos cercam. Uma vida sem amor não vale a pena ser vivida!